quarta-feira, 3 de junho de 2009

Sábado a noite

Tudo começa no sábado a noite. Um bar, balada, música, bebidas. E é então que acontece aquilo pelo que você esperou toda a noite, toda a semana. Encontrar a pessoa perfeita.

E perfeita pode ter muitos significados. Perfeita para transar, perfeita para namorar ou mesmo perfeita pra não ficar sozinho enquanto seus amigos estão catando - ou seria sendo catados ? - por alguém.

E depois dificilmente ligamos no dia seguinte. Por acaso encontramos a pessoa no sábado seguinte, cumprimentamos, vez ou outra perguntando "por que você não me ligou?".

A resposta é simples, a verdade é que a grande maioria das pessoas entram nesse ciclo e nem sabem o que buscam. Passam a semana se preparando para o tão esperado sábado, bebem, dançam, ficam com alguém porém voltam para casa mais sozinhos do que antes, esperando uma ligação.

Queremos a pessoa perfeita, mas achamos que um relacionamento acontece da noite para o dia, como se os sinos fossem tocar no primeiro beijo de amor. Falta paciência. É preciso tempo para duas pessoas se conhecerem de verdade.

Minha pergunta é: será que no mundo hétero também é assim? O que falta para nós, gays, para que nossa vida seja mais do que uma noite de sábado?

2 comentários:

  1. Um pouco mais de paciência, como vc mesmo disse. :-)

    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. pior que infelizemente no mundo hetero também é assim.. euheuhaueh =/

    ResponderExcluir